Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 
Especial NippoJovem

Mina e Lisa
Nikkeis fazem sucesso em série no YouTube

Reportagem: Francine Sayuri Shimizu/NJ | Fotos: Jin Yonezawa/NJ

A mais nova série do diretor Hélio Ishii tem conquistado muitos fãs pela internet. Com mais de 500 mil acessos em seus 22 capítulos, a novela "Mina e Lisa" vem abordando um dos principais temas da adolescência de forma audaciosa e divertida. A novela apenas no YouTube conta a história de duas garotas à procura de um rapaz ideal para a "primeira vez". Ao mesmo tempo em que mostra dúvidas tão comuns entre os jovens, o vídeo traz rostos diferentes para falar da virgindade, protagonizados pelas nikkeis Liana Naomi (Mina) e Evelyn Matsuoka (Lisa).

Hélio Ishii já tinha feito dois documentários com a temática nipo-brasileira, "Cartas" (2005) e "Permanência" (2006), mas investiu na série pela net. "Eu tinha em mãos um tema sedutor, que era adolescência dos nipo-brasileiros. Falar sobre isso é fascinante, porque é uma fase da vida em que você se permite tudo. Decidimos criar uma ficção mostrando duas adolescentes bem diferentes do que se imagina das 'japas', e em um novo formato", afirma o diretor.

A inocência de Mina e a diabrice de Lisa já confundiram alguns internautas. "Algumas pessoas acham que nós somos elas! Tem gente que não percebe que é um seriado, pensam que é de verdade! Dá para ver nos comentários pela internet", afirma Liana. Sinal de que a atuação das meninas está convencendo, pois tem até internauta querendo ser o primeiro amor de Mina.

As gravações ainda não acabaram, mas, como a produção é independente, tudo depende da disposição dos envolvidos na série. "Estamos fazendo tudo em alta definição, tínhamos pensado na possibilidade de Mina e Lisa virar um longa", ressalta.

Os fãs da série ainda podem esperar para dar muitas risadas durante as aventuras das duas nikkeis do bairro de Pinheiros. Mas será que a Mina vai conseguir arranjar o cara ideal? "Acho que elas estão na luta. Querem achar alguém sem saber quem é que procuram. Mas elas vão achar, mesmo se ficarem sozinhas na série, tenho certeza", finaliza Hélio.

Aguarde cenas do próximo capítulo...


A trilha sonora é um capítulo à parte na série. A música "Nanananana" da cantora Haikaa tem conquistado os internautas.


A partir de agora você vai conhecer um pouco mais sobre estas duas nikkeis, Liana Naomi (Mina) e Evelyn Matsuoka (Lisa), em entrevista exclusiva ao Nippo-Jovem:

Liana Naomi, 23

Experiência
Fiz curso de teatro amador desde os 14 anos. Há um ano e meio faço curso de teatro profissionalizante. Estou para me formar. Participei da série "Galera", da TV Cultura, e já fiz trabalhos de publicidade do Itaú, Pernambucanas, Fiat, Telefônica, Sadia, McDonalds, entre outros.

Como foi chamada para atuar em Mina e Lisa?
Um professor do curso de teatro conhecia a Nany di Lima, preparadora de atores, e me indicou.

Japão
Em 2005 fui ao Japão, fiquei 10 dias passeando, conheci Tóquio, Okinawa. Gostei muito de lá, as pessoas foram receptivas, o país é bem organizado.

Cultura nipo-brasileira
Como meus pais são japoneses, temos alguns costumes em casa. Não entramos em casa de sapatos, por exemplo. Também já fui em algumas baladas japas, mas bem poucas.

Evelyn Matsuoka, 25

Experiência
Na verdade eu nunca atuei. Eu trabalhava nos bastidores, fazia a parte de produção.

Como foi chamada para atuar em Mina e Lisa?
Eu trabalhava em uma produtora e conheci um câmera, que é amigo do Hélio. Ele comentou sobre o casting com orientais e perguntou se eu não queria ir. Eu respondi: "até tento. Posso ajudar na parte de figurino, mas faço o teste por fazer". Eu sempre fui muito tímida, nunca pensei em atuar, mas acabou dando certo.

Japão
Nunca fui para o Japão, meu pai está lá há 10 anos e minha mãe foi há pouco tempo. Eu espero ir em breve, tenho muita vontade de conhecer.

Cultura nipo-brasileira
Sempre esteve muito presente em minha vida. Eu morava em Minas Gerais, então era um pouco afastado, mas agora moro na Liberdade e participo mais dos eventos.


Liana Naomi, 23

Evelyn Matsuoka, 25

Capitulo de Mina e Lisa ...

+ DIFÍCIL

Foi um que ainda não passou, no parque, em que a Mina fala sobre os gemidos de seus pais.

O primeiro capítulo, porque eu não sabia de nada. Eu não sabia o que fazer com o braço, não sabia como respirar, como falar direito, então foi o que eu penei mais... [risos]

+ LEGAL

O encontro com os pretendentes da Mina. Foram todos gravados no mesmo dia. Foi divertido porque interagi com vários atores, eles mandaram muito bem e eu aprendi bastante!

O encontro com os pretendentes da Mina. Nós conhecemos muita gente bacana que foi lá para atuar. Ficamos trocando experiência e demos muita risada. O roteiro está muito engraçado!

+ ENGRAÇADO

Os encontros também, porque são dez atores com vários arquétipos diferentes. A gravação terminava e todo mundo começava a gargalhar.

Com certeza foi esse também. Enquanto os atores estavam gravando, a gente ficou num cantinho, dando risada e tomando cuidado para não invadir o áudio. Foi muito divertido!

+ GOSTOU

O primeiro, por ser como tudo começou. Tanto o início da história da Mina e da Lisa, quanto do projeto... E ficou tão bonito! Principalmente as gravações externas. E, apesar de ser um primeiro capítulo, acho que ficou muito bom! E existe todo um carinho, por ser o primeiro.

Eu gostei do resultado do primeiro capítulo. Fiquei impressionada, a qualidade é muito boa. Também achei engraçado me ver no vídeo, nunca tinha visto. Eu sempre trabalhei nos bastidores, mas estou achando bem legal e até estou com vontade de fazer um curso de teatro.

Nome das personagens (Resposta de Hélio Ishii)

Os nomes das personagens brincam com a personalidade e a mistura cultural

Mina
Mina é nome próprio no Japão, mas, no Brasil, é um termo que se refere a uma menina jovem. E ela é exatamente isso: um pouco própria, um pouco comum, um pouco jovem.

Lisa
Lisa é um nome que, no Japão, é bem conhecido por causa da Lisa Ono, que faz uma referência ao Brasil em seu trabalho. Aqui, embora não seja tão comum a sonoridade "Lisa", diz sobre o jeito dela mais escorregadio, que sabe se virar melhor por aqui, um tipo que passa mais fácil pelas coisas ou escapa das nossas mãos.

Arquivo

De bicicleta pelo Japão

Ayumi Hamasaki inspira o novo visual das garotas japonesas

Dragon Ball Evolution

Cosplay, uma arte a parte

Baladas Japas

Vida de DJ

Jovens Japoneses

Gothic Lolita

Beisebol - Jogos da Amizade entre Brasil e Japão

Confraternização nikkei no esporte

J-music conquista jovens no Brasil

Daniel Uemura faz sucesso em novela teen

Jovem apresentador nikkei é destaque
Cultura pop japonesa
Trabalho voluntário
Ecologia: é preciso agir já
Tunning: trabalho artístico e hobby
Em busca do sucesso
Japonês básico
Animês e mangás
Street Dance
Ultra Seven – 40 anos
Mina e Lisa - Novela na internet
Dança do Ventre
The Checkers
Kung Fu
Mensageiros da Paz
Shodô
Soroban, calculadora japonesa
Oshibana
Ikebana
O Japão sob novos olhares
Harajuku
Taikô
Matsuri Dance
Sobrenomes japoneses
Cerimônia do chá
  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados