PORTAL NIPPO-BRASIL
 
Dúvidas de Sexo

 
 
Parceiros NJ
 

Tenho 17 anos e fumei maconha a primeira vez aos 13. Dos 15 anos para cá, me tornei consumidor assíduo. Hoje, pelo que me lembre, já faz uns dois anos, mais ou menos, que eu não tenho uma folga de ao menos três dias sem o uso da erva. Geralmente, fumo mais de uma vez por dia. Faz mais de um ano já que mantenho um bom emprego, suficiente para suprir todos os gastos, necessidades e interesses de um adolescente de classe média alta. Faz dois anos que praticamente abandonei a escola. Com 16 anos tomei bomba no colégio. Agora, nesse ano, entrei em um supletivo à distância, cujo qual nem sei o que se passa. Já se vai mais um ano e eu continuo parado no mesmo lugar. Enquanto meus amigos estão terminando o 3°, estudando, trilhando um rumo, não consigo me conciliar com a escola e uma vida de estudante comum. Tiro meu tempo livre para fumar maconha e outras coisas supérfluas. Conforme venho escrevendo esse texto, milhões de coisas vão passando na minha cabeça e alguns detalhes que deixo de lado para tornar o espaço mais proveitoso não podem ser esquecidos. Portanto, não vou concluir nada agora. Eu realmente gostaria que fosse ouvido. Tenho muito a dizer e a explicar. Hoje acho que já caí tão fundo nas profundezas da mente, que já não sei mais o que pensar. O uso do ácido e outras drogas me trouxeram novos mundos. Modéstia à parte, me considero uma espécie de cobaia para a psicologia moderna, que nem deve ter noção do que está por vir nessa "safra XXI". É por aí.

Querido, infelizmente no seu caso parar de usar drogas não é apenas uma questão de vontade. Você é um rapaz muito inteligente e já tomou consciência das perdas que as drogas trouxeram à sua vida e nem assim conseguiu deixá-las. O problema é que as drogas trazem um prazer instantâneo (nunca vi ninguém dependente do antibiótico injetável Bezetacil que dói à beça) e um alívio momentâneo que depois se converte em danos algumas vezes irreversíveis. Por exemplo, quem poderá devolver a você esses dois maravilhosos anos de juventude que você já perdeu?

Ao que tudo indica você tem uma doença incurável e que tem apenas controle: é uma predisposição à dependência química. Seu organismo fica refém das drogas e até pode parar de produzir algumas substâncias em função das que são ingeridas. Por isso, é tão difícil parar de usá-las. Por outro lado, você acaba supervalorizando algumas coisas que elas causam: graças a Deus a Psicologia Moderna e mesmo a Medicina já conhecem o LSD, suas conseqüências e alterações do pensamento há muito tempo e já foram feitas pesquisas mais que suficientes! Desta maneira, você não vai precisar ser cobaia.

Você, porém, tem uma enorme vantagem. Você ainda não chegou ao fundo do poço. Você ainda tem consciência de que o uso das drogas não está lhe fazendo bem. Agora, é preciso admitir que você é impotente perante elas e que precisa de ajuda para vencê-las. Você está se tornando um escravo delas. Você vive em função delas e isso é muito ruim. Além disso, o dinheiro que você ganha com seu trabalho e gasta na compra está financiando o crime organizado na compra de armas, o que acaba se voltando contra nós através de assaltos, seqüestros, etc.

Pense em tudo isso. Procure em sua cidade algum serviço especializado e busque ajuda enquanto é tempo. Faça uma psicoterapia para entender de qual dor você está tentando fugir com o uso das drogas. O auto-conhecimento irá ajudá-lo muito.


Meu ex-namorado usa drogas, mente pra mim e prefere sair com os amigos. Devo continuar atrás dele?

Brigamos diversas vezes até que ele decidiu parar de fumar. De tanto brigar por causa do cigarro, estou perdendo o interesse nele. O que devo fazer?

Quais são os sintomas na hipótese de se tomar diazepan e álcool?

Vi meu irmão usando drogas. Ele disse que se eu contasse alguma coisa para o meu pai, eu ia me arrepender. O que eu faço?

Minha filha de 15 anos está namorando um rapaz que usa maconha, só que ela não sabe disso. O que posso fazer?

Um amigo está usando maconha. Pediu para eu não contar para niguém. Queria um conselho sobre o que fazer para ajudá-lo?


Descobri que meu irmão está fumando maconha. Ele não usa todos os dias. Diz que só usa nas festas, mas isso nos preocupa muito?

Meu namorado foi internado sem querer. Namoramos há dois anos e não sou usuária. Será que ele não vai mais querer namorar comigo?

Estou em apuros com uma pessoa muito próxima. Ela usava o salário inteiro para sustentar o vício e veio me pedir ajuda para parar! A primeira coisa que fiz foi tirar todas as finanças dela. Não posso contar para ninguém.

Meu pai tem problemas com alcoolismo. Um dia desses, me encontrei com minha namorada, mas escondido. Só que ele descobriu. Como estava bebâdo, ligou para a casa dela e falou um monte de baboseiras.

Sou consumidor assíduo de maconha. Já se vai mais um ano e eu continuo parado no mesmo lugar. Enquanto meus amigos estão terminando o 3°, não consigo me conciliar com a escola e uma vida de estudante comum.

  © Copyright 2001 - 2013 Portal NippoBrasil - Todos os direitos reservados